PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Empresa de carros voadores da Embraer impulsiona ações; entenda

Carro voador eVTOL, da Embraer - Divulgação/Embraer
Carro voador eVTOL, da Embraer Imagem: Divulgação/Embraer
Conteúdo exclusivo para assinantes

Felipe Bevilacqua

24/08/2021 08h36

Hoje vamos conversar sobre a investida da Cosan (CSAN3) no setor de mineração e sobre a nova parceria firmada pela Eve, braço de "carros voadores" da Embraer (EMBR3).

O UOL tem uma área exclusiva para quem quer investir seu dinheiro de maneira segura e lucrar mais do que com a poupança. Conheça!

Confira a seguir a análise de Felipe Bevilacqua, analista e sócio-fundador da casa de análise Levante Ideias de Investimento. Todos os dias, Bevilacqua traz notícias e análises de empresas de capital aberto para você tomar as melhores decisões de investimentos. Este conteúdo é exclusivo para os assinantes do UOL.

Cosan compra operação e entra no setor de mineração

A Cosan anunciou ontem (23) que fechou uma proposta vinculante para a compra de 100% das operações do TUP Porto São Luís, empresa detentora de um terminal de uso privado localizado em São Luís, no Maranhão, em operação que envolve R$ 720 milhões.

O acordo foi firmado entre a Atlântico Participações, controlada da Cosan, a a China Communications Construction Company (CCCC), controladora do terminal, e os acionistas minoritários da TUP Porto São Luís. Inicialmente, a Cosan comprará os 49% pertencentes à WPR, empresa de infraestrutura do grupo WTorre, e posteriormente fará uma oferta pelos 51% remanescentes que pertencem ao grupo chinês CCCC.

O grupo Cosan anunciou ainda a entrada no setor de mineração. A Atlântico Participações, firmou memorando de entendimentos vinculante para formar sociedade com o Grupo Paulo Brito, fundador e controlador da Aura Minerals. A nova empresa a ser formada pela joint venture se chamará JV Mineração e vai explorar minério de ferro a ser escoado pelo porto. Pelo acordo, a Atlântico deterá 37% do capital total e o controle compartilhado da nova companhia combinada.

A JV Mineração será uma empresa integrada de mineração e logística que possuirá, além do Porto, direitos de exploração em 3 projetos no estado do Pará. Com início de operação previsto para 2025, o primeiro projeto a ser explorado pela JV Mineração será na região de Carajás, conectado ao porto pela estrada de ferro Carajás. O CEO da JV Mineração será Juarez Saliba de Avelar, executivo experiente no setor com passagem por companhias como a Vale e CSN, onde exerceu importantes posições de liderança.

Esperamos impacto positivo nas ações da Cosan (CSAN3), que firma parceria estratégica para ingressar num novo ramo de negócios aliado à sua expertise logística portuária e de gestão. A iniciativa traz sinergias interessantes à operação da companhia, principalmente por envolver um terminal logístico que proporcionará interação com as operações da Rumo. As ações da Cosan já acumulam alta de 16,85% no ano.

Empresa de carros voadores da Embraer amplia parceria com a Ascent

A Embraer (EMBR3) anunciou na manhã de ontem (23) que sua empresa de carros voadores, a Eve, ampliou parceria com a Ascent Flights Global, empresa que opera como aplicativo sob demanda. A Eve disponibilizará até 100 aeronaves à plataforma, fornecendo até 100 mil horas de voo para que a Ascent desenvolva um ecossistema de mobilidade aérea urbana na região da Ásia Pacífico.

A aeronave fornecida será o eVTOL, veículo elétrico de decolagem e pouso vertical que possui baixo ruído e zero emissões, para ser utilizada em grandes cidades como Bangkok,

Melbourne, Cingapura e Tóquio. As entregas começarão em 2026, assim como nos outros pedidos recebidos pela Eve.

Essa é mais uma parceria da controlada da Embraer que pretende liderar a mobilidade aérea urbana no futuro. A empresa, criada há 4 anos, já anunciou diversas parcerias e deve seguir em busca de novas oportunidades. Além disso, a Eve pode se fundir com uma empresa de aquisição de propósito específico (SPAC) americana, em uma transação de cerca de US$ 2 bilhões, o que pode destravar valor para as ações da Embraer (EMBR3), que valem cerca de R$ 15 bilhões atualmente.

A notícia é positiva e as ações EMBR3 registraram a maior alta do dia no pregão de ontem, com 5,28%. A Eve é considerada uma empresa disruptiva e os investidores apostam que a ela se tornará líder no ainda inexplorado mercado de mobilidade aérea urbana. A cada nova parceria, a companhia fica mais perto desse objetivo.

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo analista Felipe Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL