PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Fundo de investimento conservador que rende 10% ao ano? Isso existe?

Conteúdo exclusivo para assinantes

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/09/2021 04h00

Quer investir em fundos de renda fixa e ter mais de 10% de rendimento ao ano? No Papo com Especialista, programa semanal e ao vivo do UOL, o economista César Esperandio explicou se é possível encontrar essa rentabilidade em fundos de renda fixa, e ainda disse que, ao contrário do que muita gente pensa, nem sempre é possível ter a previsibilidade dos rendimentos desse tipo de fundo.

Entenda abaixo por que fundos de renda fixa não têm rentabilidade "fixa" e assista ao trecho do programa. O Papo com Especialista é um tira-dúvidas sobre investimentos exclusivo para assinantes e é transmitido toda quinta-feira, às 15h.

Fundos de gestão passiva replicam o CDI

Antes de decidir investir em fundos, é preciso entender as suas características, explicou Esperandio, que também é do canal Econoweek.

Existem fundos de renda fixa de curto prazo que, tipicamente, investem em títulos do Tesouro Selic, e, por isso, a rentabilidade está longe dos 10% ao ano. Os títulos do Tesouro Selic rendem um bônus mais a taxa básica de juros, a Selic, que hoje rende 5,25% ao ano.

Segundo ele, se você investir em fundos de gestão passiva, que buscam replicar o CDI, é possível ter uma certa previsibilidade —que é baseada na rentabilidade da Selic nos próximos meses e anos.

"Mesmo assim, a gente não tem a certeza de quanto vai ser a Selic", disse.

Difícil prever a rentabilidade de um fundo de renda fixa

Mas existem fundos de renda fixa que têm esse rendimento acima de 10% ao ano? Difícil prever essa rentabilidade, disse o economista.

Segundo ele, a previsibilidade de rendimento de um fundo não é tão clara assim. "Os fundos têm uma diversificação de ativos muito grande", afirmou.

Títulos de renda fixa com rentabilidade superior a 10%

"Mas há títulos de renda fixa que rendem mais que 10% ao ano. São ativos de menor liquidez. Ou seja, o seu dinheiro vai ter que ficar mais tempo investido", afirmou o economista. Ele indicou a plataforma do Tesouro Direto para consultar esses títulos.

Segundo ele, os títulos do Tesouro Prefixado estão rendendo perto ou mesmo acima dos 10% ao ano. Já os títulos do Tesouro IPCA podem ultrapassar esse rendimento. O Tesouro IPCA paga a inflação mais um bônus. "Se a inflação se mantiver na casa dos 8,5%, esses títulos podem ter rentabilidade superior a 12% ao ano", disse.

"O mais sensato é, após ter sua reserva de emergência montada, você diversificar entre títulos pré e pós-fixados", declarou.

Papo com Especialista é toda quinta-feira

O programa Papo com Especialista é transmitido às quintas-feiras, das 15h às 16h, na página inicial do UOL e do UOL e é exclusivo para assinantes. Reveja programas anteriores aqui.

Você pode enviar perguntas ao Papo pelo e-mail uoleconomiafinancas@uol.com.br —elas podem ser respondidas no programa.

Quer investir melhor? Receba dicas em seu email

Você quer aprender a ganhar dinheiro com segurança em investimentos no curto, médio e longo prazo, mesmo que nunca tenha investido?

A página de investimentos do UOL tem uma newsletter gratuita que o ajuda nesse objetivo. Ao assinar, você recebe todos os dias, antes da abertura da Bolsa, uma análise do mercado feita pelo analista Felipe Bevilacqua, da casa Levante Ideias de Investimentos. Com essa newsletter, você vai aprender a investir e entender o que está acontecendo com o mercado.

Além da newsletter diária, você também recebe, semanalmente, uma análise sobre investimentos, com dicas sobre como aplicar melhor e com segurança seu dinheiro. Para assinar a newsletter gratuita de investimentos do UOL, é só clicar aqui.

Tem dúvidas sobre ações, fundos e outros investimentos da Bolsa? Envia sua pergunta para duvidasparceiro@uol.com.br.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE