PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Previdência privada é a única forma de garantir minha aposentadoria?

Quer investir já pensando na hora de se aposentar? Veja se a previdência privada é uma boa aplicação - Getty Images
Quer investir já pensando na hora de se aposentar? Veja se a previdência privada é uma boa aplicação Imagem: Getty Images
só para assinantes

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/07/2022 04h00

Quem faz investimentos pensando na aposentadoria quer, lá na frente, garantir uma boa renda todo mês. Mas em que investir? A previdência privada é, de fato, a melhor forma de guardar dinheiro para a aposentadoria? No Papo com Especialista, programa ao vivo do UOL, a planejadora financeira Vivian Rodrigues diz que a previdência privada pode (ou não) estar dentro do seu plano de aposentadoria.

"Quando se fala em previdência privada, a maioria das pessoas pensa logo em aposentadoria. Mas a previdência privada é um tipo de produto que pode ou não compor a nossa estratégia de investimento para a aposentadoria", declara.

Leia abaixo a análise da planejadora financeira e assista ao programa completo do dia 23 de junho, que é um tira-dúvidas sobre investimentos exclusivo para assinantes e transmitido quinzenalmente, às quintas-feiras, das 15h às 16h.

Previdência privada é um tipo de produto

A previdência privada é um tipo de investimento muito comum no Brasil, sendo oferecido pelos bancos e corretoras. A planejadora financeira diz que a previdência é um tipo de produto que pode ou não compor a sua estratégia de investimento para a aposentadoria.

"Nem sempre a previdência e a aposentadoria vão estar juntas. A previdência privada, assim como o Tesouro Direto e fundos de investimentos e outros, pode fazer parte de uma estratégia maior que é o seu plano de aposentadoria", declara Vivian.

Montar o plano de aposentadoria

Para ela, no momento de montar o seu plano de aposentadoria, você deve levar em consideração alguns aspectos, como seu horizonte de tempo (até o momento de começar a usufruir do investimento), seu perfil do investidor, a renda que será necessária ao se aposentar, os valores dos aportes, etc.

"Depois que você monta o seu plano de aposentadoria, é a hora de incluir os produtos na sua carteira de investimentos para este fim", diz.

No programa, Vivian fala também sobre outras características da previdência privada, como a diferença dos planos (PGBL e VGBL) e do regime de tributação progressivo ou regressivo, entre outras.

Papo com Especialista é quinzenal

O programa Papo com Especialista é transmitido às quintas-feiras, quinzenalmente, das 15h às 16h, na página inicial do UOL, no UOL Economia e no UOL Investimentos, e é exclusivo para assinantes. Reveja programas anteriores aqui.

Você pode enviar perguntas ao Papo pelo email uoleconomiafinancas@uol.com.br —elas podem ser respondidas no programa.

Quer investir melhor? Receba dicas em seu email

Você quer aprender a ganhar dinheiro com segurança em investimentos no curto, médio e longo prazo, mesmo que nunca tenha investido?

A página de investimentos do UOL tem uma newsletter gratuita que o ajuda nesse objetivo. Ao assinar, você recebe todos os dias, antes da abertura da Bolsa, uma análise do mercado feita pelo analista Rafael Bevilacqua, da casa Levante Ideias de Investimentos. Com essa newsletter, você vai aprender a investir e entender o que está acontecendo com o mercado.

Além da newsletter diária, você também recebe, semanalmente, uma análise sobre investimentos, com dicas sobre como aplicar melhor e com segurança seu dinheiro. Para assinar a newsletter gratuita de investimentos do UOL, é só clicar aqui.

Tem dúvidas sobre ações, fundos e outros investimentos da Bolsa? Envie sua pergunta para uoleconomiafinancas@uol.com.br.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.