PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Podcast

Mídia e Marketing

Entrevistas com grandes nomes do marketing, propaganda e criatividade no país


Mídia e Marketing #74: Fernando Machado, diretor global de marketing do Burger King

Mais Mídia e Marketing
1 | 25

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/03/2021 04h01

Como é fazer publicidade por meio de conversas abertas com o consumidor? E como é a briga publicitária entre o Burger King e o McDonald's? O podcast Mídia e Marketing, publicado hoje (02), entrevista Fernando Machado, diretor global de marketing do Burger King.

Radicado em Miami, ele comenta sobre as diferenças de trabalhar com publicidade nos Estados Unidos e no Brasil, fala das três variáveis de competitividade no setor de fast food (sabor, conveniência e preço), e de como o uso do humor tem sido uma ferramenta-chave para o marketing e o engajamento da marca.

"O humor sempre ajuda - não só em publicidade, mas na vida. Hoje, as pessoas já entendem que o Burger King faz coisas divertidas. Criamos isso com o tempo. Mas sempre precisamos levar o contexto em consideração. Não podemos fazer piada para colocar as pessoas pra baixo. A gente tem que dar risada da gente mesmo e isso gera muita empatia", afirma o executivo (no arquivo acima, este trecho está a partir de 5:20).

Sobre as brincadeiras com os concorrentes, Fernando diz que a "zoeira" faz parte do tom da marca. "O brasileiro é um povo feliz, divertido. Se as ideias criativas não tiverem zoeira, não têm graça. A gente faz piada, mas tem que aceitar também. Não sou contra falar da concorrência, mas isso tem que ser feito com respeito", diz (a partir de 8:15).

Fernando também falou sobre a campanha 'Whopper Mofado', lançada em fevereiro do ano passado. O comercial mostrava a decomposição do principal sanduíche da rede após 34 dias. Ao final do filme, o lanche aparecia coberto de mofo, com a mensagem: "A beleza sem conservantes artificiais".

"Transparência e honestidade são tópicos que só vão ganhar mais força no mundo. Essa campanha quebra a rega de publicidade. Ao mesmo tempo, as pessoas sabem que a beleza de um produto real, de um alimento de verdade, é apodrecer. A gente mostrou isso. As pessoas entendem. É brutalmente honesto", declara Fernando (a partir de 2:01).

Engenheiro mecânico de formação, Fernando também conta como mudou de área. Ele começou sua carreira na Unilever, onde trabalhou por quase duas décadas. "Para ser bom em marketing precisa de ciência e arte, da lógica e da mágica. Marketing requer um lado de negócios muito forte", diz (a partir de 20:25).

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Mídia e Marketing, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts e no YouTube.