ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Cotações

Com Lula condenado, Bolsa sobe 3,7%, passa de 83 mil pontos e bate recorde

Do UOL, em São Paulo

24/01/2018 18h26

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quarta-feira (24) em alta de 3,72%, a 83.680 pontos. É a maior alta percentual diária em mais de um ano: em 3 de janeiro de 2017, a Bolsa subiu 3,73%.

Com isso, o índice atinge novo recorde de pontuação, ultrapassando pela primeira vez na história a marca de 83 mil pontos. Na véspera, a Bolsa havia caído 1,22%.

A alta foi influenciada pela confirmação da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o que pode tirar o petista da disputa presidencial em outubro. Na visão do mercado, Lula seria um candidato menos comprometido com o controle das contas públicas.

Entre os destaques, os papéis da Eletrobras lideraram os ganhos no dia. As ações preferenciais da empresa, com prioridade na distribuição de dividendos, saltaram 9,69%. Já a Petrobras teve alta de 6,4% na Bolsa brasileira e atingiu recorde na Bolsa de Nova York.

As ações do Banco do Brasil (+7,93%), do Bradesco (+5,43%), do Itaú Unibanco (+4,81%) e da mineradora Vale (+2,23%) também registraram fortes valorizações. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Dólar cai 2,44%, a R$ 3,159

dólar comercial fechou em queda de 2,44%, cotado a R$ 3,159 na venda, após dois dias seguidos de alta. É a maior baixa percentual diária em 8 meses: em 19 de maio, a moeda norte-americana caiu 3,89%.

Além disso, esse é o menor valor de fechamento desde 13 de outubro (R$ 3,149) Na véspera, o dólar subiu 0,9%.

(Com Reuters) 

Mais Cotações