IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Cotações


Por que as ações da Vale subiram após queda de 24,5% um dia antes?

Afonso Ferreira

Do UOL, em São Paulo

29/01/2019 17h05Atualizada em 29/01/2019 18h37

As ações da mineradora Vale tiveram leve recuperação nesta terça-feira (29), depois da queda de 24,5% na véspera, na primeira sessão da Bolsa brasileira após o rompimento de uma barragem de rejeitos da companhia em Brumadinho (MG).

Após a tragédia, a Vale teve a nota de crédito rebaixada por uma agência de avaliação de risco, bilhões de reais bloqueados pela Justiça, e o pagamento de bônus e dividendos a executivos e acionistas suspenso. Por que, então, as ações da empresa fecharam em alta, mesmo com as incertezas em relação ao futuro? Veja a seguir algumas explicações.

Possível mudança na diretoria

De acordo com reportagem da "Folha", o governo estuda o afastamento da atual diretoria da Vale após o rompimento da barragem em Brumadinho. Para isso, precisaria do apoio de outros membros do conselho de administração da mineradora.

Essa possibilidade de troca na diretoria gerou mais confiança nos investidores e fez as ações pararem de cair, segundo o economista-chefe da Nova Futura Investimentos, Pedro Paulo Silveira. Para ele, uma nova diretoria poderia demonstrar maior comprometimento e credibilidade na reavaliação dos riscos nas barragens que a empresa administra.

"Até ontem não se sabia se a atual diretoria iria oferecer uma avaliação realista sobre a segurança das barragens e se essa avaliação teria credibilidade. Hoje, houve uma mudança nessa perspectiva", afirmou. "Uma diretoria mais comprometida com a reavaliação das barragens faz o mercado ficar mais seguro."

Oportunidade para lucrar lá na frente

Outro fator que contribui para a alta dos papéis nesta terça-feira é a oportunidade de lucrar com a valorização das ações, de acordo com a gestora do fundo Coinvalores, Tatiane Cruz. Com a forte queda da véspera, os papéis da mineradora ficaram mais baratos, e muitos investidores aproveitam para comprar ações agora, visando vendê-las a um preço maior lá na frente.

"Os papéis ficaram 24% mais baratos de um dia para o outro e mais atraentes para quem pensa no longo prazo", disse. Com mais gente comprando do que vendendo, o preço da ações sobe.

Para Cruz, as ações da Vale ainda devem continuar bastante instáveis nos próximos dias, diante de novos fatos e desdobramentos sobre o rompimento da barragem. "Amanhã pode ser que caia novamente ou suba mais. Esses movimentos são comuns no mercado, ainda mais quando se trata de uma empresa grande como a Vale", declarou.

Vale suspende pagamento de dividendos a acionistas

AFP

Mais Cotações