IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

5 fundos imobiliários em que você pode investir por R$ 10

TanyaJoy/iStock
Imagem: TanyaJoy/iStock

04/10/2022 04h00

Os fundos de investimento imobiliário (FIIs) têm ficado cada vez mais acessíveis aos investidores iniciantes. Em geral, as cotas dos fundos custam em torno de R$ 100, mas recentemente surgiram no mercado algumas opções por cerca de R$ 10.

A grande vantagem das cotas a preço baixo é que isso facilita a multiplicação do patrimônio por meio do efeito bola de neve.

Com apenas R$ 1.000 investidos, a cada mês você recebe um rendimento suficiente para comprar uma nova cota. Dessa forma, seu patrimônio vai aumentando com o tempo, justificando o termo "bola de neve".

Na coluna de hoje, eu apresento cinco fundos imobiliários que custam R$ 10 por cota e têm gerado rendimentos de forma consistente ao investidor.

XPSF11

O fundo imobiliário XP Selection, negociado pelo código XPSF11, é um FII que investe em outros FIIs, por isso resolvi colocá-lo em primeiro desta lista.

Com um investimento de menos de R$ 10, você pode comprar uma cota deste fundo e será dono, ao mesmo tempo, de uma fração de 36 outros fundos.

É uma forma de diversificar a carteira com pouco dinheiro, pois, se você fosse investir em cada um desses 36 fundos separadamente, teria que aportar em torno de R$ 3.600.

O retorno do XPSF11, atualmente, está em 11% ao ano. Ou seja, para cada R$ 100 que você investir nele, tenderá a receber, nos próximos 12 meses, um rendimento total de R$ 11, se o fundo continuar distribuindo proventos no ritmo atual.

Outro ponto que considero interessante no XPSF11 é que ele já existe há quase três anos, ou seja, tem um histórico maior do que outros FIIs que custam menos de R$ 10. Nesse período, a distribuição de proventos tem sido relativamente estável, em comparação com outros fundos de mesmo retorno.

GALG11

Uma característica interessante do GALG11, Guardian Logística, é que ele tem distribuído proventos de forma bastante estável desde quando pagou rendimento pela primeira vez, em dezembro de 2020.

Trata-se de um fundo de tijolo, ou seja, que detém imóveis físicos (não contratos de financiamento) no setor de logística.

Atualmente, ele não tem vacância, ou seja, todas as suas propriedades estão alugadas, sendo que os contratos de locação possuem prazo de 7 a 17 anos, o que explica a relativa estabilidade na distribuição de proventos.

O retorno do investimento no GALG11 está hoje em 10% ao ano.

VGIR11

O VGIR11 (Valora RE III), assim como o GALG11, está com um retorno de 10% em 12 meses.

Uma vantagem em relação a outros ativos desta lista é que ele tem um histórico relativamente longo, de quatro anos.

Nos seus três primeiros anos de existência, a distribuição de dividendos por cota era mais baixa, assim como o patrimônio líquido do fundo.

Nota-se que houve um aumento significativo desde o final de 2021, tanto do patrimônio quanto da remuneração por cota. Desde então, a distribuição tem sido crescente, o que mostra uma boa fase do fundo.

No entanto, lembre-se de que o rendimento passado não garante o resultado futuro. Por isso, o ideal é sempre procurar diversificar a carteira.

GAME11

Entre os FIIs com cota abaixo de R$ 10, o GAME11 (Guardian Multiestratégia) chama atenção pelo seu alto retorno, de 13,08% em apenas dez meses de existência. Proporcionalmente, seria algo como 15,6% de retorno ao ano.

Mas aqui é necessário se atentar a dois pontos. Primeiro trata-se de um fundo de papel, ou seja, em vez de possuir imóveis físicos, ele detém contratos de recebíveis. Esse tipo de fundo, em geral, paga um rendimento maior, ao mesmo tempo que o preço de suas cotas tende a ter uma valorização menor, em comparação com fundos de tijolo.

O outro ponto a ser considerado é o curto histórico do fundo. O GAME11 distribuiu dividendos pela primeira vez em dezembro do ano passado, ou seja, não temos como saber como esse ativo teria se comportado em um prazo mais longo.

Isso não quer dizer, no entanto, que o fundo não seja bom. Quer dizer apenas que temos poucos dados para avaliá-lo.

Vale a pena observar, também, que a distribuição de dividendos não tem sido muito estável. De julho a setembro, houve uma queda de 33% no valor distribuído por cota.

Resumindo, o retorno está alto, mas instável. É um ativo para quem aceita correr riscos.

VGHF11

Aqui nós temos o FII com o maior retorno desta lista. O VGHF11, Valora Hedge Fund, está com um retorno em dividendos de 17,11% em 12 meses.

Ou seja, para cada R$ 100 que você investir nele, a tendência é receber R$ 17 ao longo dos próximos 12 meses, se o fundo continuar remunerando os investidores no mesmo ritmo do último ano.

Trata-se de um fundo que investe em outros FIIs e também em certificados de recebíveis. Portanto, é um fundo de papel.

Assim como o GAME11, é um FII para quem está disposto a correr riscos. Está com um rendimento alto, mas seu curto histórico de distribuição de proventos é bastante instável. Os proventos pagos em setembro caíram 50% em comparação com aqueles pagos em dezembro do ano passado.

Riscos

Não se esqueça de que os fundos imobiliários são investimentos de renda variável. Existe o risco de você comprar uma cota hoje, e a partir do mês que vem ela começar a distribuir dividendos menores do que no passado.

Outro risco é de o preço da cota cair justamente quando você estiver precisando resgatar o seu dinheiro. Se isso ocorrer, você poderá ter prejuízo.

Devo lembrar, ainda, que essa lista não é uma recomendação de compra nem de venda. Eu apenas selecionei alguns fundos cujas cotas custam abaixo de R$ 10. Cada investidor é responsável pela sua decisão de compra ou venda do ativo.

Alguma dúvida?

Se você tem alguma dúvida sobre investimentos, siga o meu perfil no Instagram e envie uma mensagem por lá. Sua pergunta poderá ser respondida em breve nesta coluna.

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.