PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Taxa de juros, CPI da Covid e outros 2 temas que podem afetar a Bolsa hoje

Exclusivo para assinantes UOL

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/06/2021 04h00

Veja no Café com Mercado, do UOL Economia+, quatro assuntos que podem influenciar a Bolsa quinta-feira (17) e uma empresa para ficar de olho.

1) Taxa de juros - Na quarta-feira (16), a taxa básica de juros —a Selic— passou por um novo aumento, indo a 4,25% ao ano. Segundo a última edição do Boletim Focus, a expectativa do mercado é de que a taxa caminhe para os 6,25% até o final do ano.

Como a publicação foi feita após o fechamento da Bolsa, o mercado pode repercutir a alta dos juros nesta quinta-feira (17).

2) CPI da Covid - Na CPI da Covid, que visa investigar os atos do governo durante a pandemia, são esperados os depoimentos do empresário Carlos Wizard e do auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) Alexandre Marques.

A comissão quer entender o papel do empresário na disseminação de informações em relação a tratamentos precoces sem eficácia comprovada.

Já o auditor Alexandre Marques foi convocado devido ao seu relatório no qual negava o número de mortos por covid-19 no Brasil. O documento foi desmentido pelos demais auditores do TCU.

Os depoimentos podem gerar ainda mais incertezas políticas e mexer com o mercado nesta quinta-feira (17).

3) Seguro-desemprego nos EUA - Toda quinta-feira é divulgado o número de novos pedidos de seguro-desemprego nos EUA, e isso ajuda os investidores a entender a dimensão do desemprego e do aquecimento da economia norte-americana.

4) Inflação na zona do euro - O mercado deve responder também à inflação oficial dos países que formam a zona do euro. O dado, referente ao mês de maio, será divulgado nesta quinta-feira (17).

Como os investidores pelo mundo estão preocupados com os rumos da inflação, o dado pode pressionar os governos do bloco a diminuir os incentivos econômicos em um momento de fragilidade da economia.

O bloco da zona do euro é um dos principais polos econômicos do mundo, e isso pode afetar a Bolsa por aqui também.

Fique de Olho

Hoje, o analista Lucas Claro, do BTG Pactual Digital, traz para o radar dos investidores a empresa de educação Cruzeiro do Sul (CSED3).

A companhia se beneficia do alívio sobre o setor, que vem apresentando melhoras a partir da retomada das aulas em algumas cidades. Além disso, as ações da companhia subiram mais de 20% desde maio e já refletem uma confiança maior dos investidores.

Segundo o analista, o preço atual das ações da companhia está em uma região confortável para novas compras e possui bom potencial de valorização nos próximos meses.

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Economia+ e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.