IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Quer investir, mas precisa do dinheiro em 1 ano? Veja opções para aplicar

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/09/2021 04h00

Você tem uma grana e quer investir, mas precisa resgatar o dinheiro em um ano. Tem alguma aplicação que seja ideal para esse prazo? No Papo com Especialista, programa semanal e ao vivo do UOL, o economista César Esperandio disse que, para o curto prazo, é preciso "limar" alguns investimentos da lista e priorizar outros.

Veja abaixo quais são esses investimentos. O Papo com Especialista é um tira-dúvidas sobre investimentos exclusivo para assinantes e é transmitido toda quinta-feira, às 15h.

Foco em títulos da renda fixa

Antes de falar de investimentos de curto prazo, Esperandio fez uma ressalva para mostrar qual é o primeiro passo para quem começa a investir: reserva de emergência

"Se você ainda não tem a sua reserva de emergência, tem que focar nos títulos recomendados para isso, como Tesouro Selic", disse ele, que também é do canal Econoweek.

Reserva de emergência é aquele dinheiro que precisa estar disponível para que você saque para cobrir alguma emergência, e deve cobrir, pelo menos, de seis a 12 meses dos seus gastos médios mensais.

Para a reserva de emergência, a recomendação é de que o dinheiro esteja em investimentos que paguem, pelo menos, a taxa básica de juros ou o CDI, e que você consiga tirar a qualquer momento, sem qualquer prejuízo. Títulos do Tesouro Selic, CDBs com liquidez diária e contas que remuneram 100% do CDI são as opções para este caso.

Nem ações nem fundos imobiliários

Dado o recado e contando que a reserva de emergência já esteja lá montadinha, Esperandio deu dicas do que fazer com o dinheiro para o resgate em um ano.

Apesar de parecer uma eternidade para muita gente, um ano é considerado curto prazo no mundo dos investimentos. Sendo curto prazo, já é possível limar onde não investir, segundo o economista: nem em ações nem fundos imobiliários.

"Eu não recomendo esses ativos de renda variável, se você já tem o propósito de usar essa grana daqui a um ano, como dar entrada num carro ou pegar as chaves do seu novo apartamento", disse Esperandio.

E ele fez a seguinte pergunta: "Você está disposto a comprar uma ação da Petrobras ou do Bradesco ou do Itaú ou da Petz ou de qualquer outra empresa, sem saber se daqui a um ano ela vai estar valorizada ou desvalorizada?".

Olhar para títulos no curto prazo

Para o economista, o recomendável é olhar, neste caso, para títulos de renda fixa.

No App Renda Fixa, você consegue consultar os títulos disponíveis no curto prazo, usando o filtro do prazo de vencimento.

"A principal característica é escolher títulos com vencimento em até 360 dias, mas você pode também acrescentar na busca os filtros de liquidez diária e de proteção do FGC [Fundo Garantidor de Créditos]", disse.

Vale ressaltar que as condições de investimentos citadas aqui são referentes ao dia 26 de agosto. As taxas podem variar de um dia para o outro.

Papo com Especialista é toda quinta-feira

O programa Papo com Especialista é transmitido às quintas-feiras, das 15h às 16h, na página inicial do UOL, no UOL Economia e na página de Investimentos, e é exclusivo para assinantes. Reveja programas anteriores aqui.

Você pode enviar perguntas ao Papo pelo e-mail uoleconomiafinancas@uol.com.br —elas podem ser respondidas no programa.

Quer investir melhor? Receba dicas em seu email

Você quer aprender a ganhar dinheiro com segurança em investimentos no curto, médio e longo prazo, mesmo que nunca tenha investido?

A página de investimentos do UOL tem uma newsletter gratuita que o ajuda nesse objetivo. Ao assinar, você recebe todos os dias, antes da abertura da Bolsa, uma análise do mercado feita pelo analista Felipe Bevilacqua, da casa Levante Ideias de Investimentos. Com essa newsletter, você vai aprender a investir e entender o que está acontecendo com o mercado.

Além da newsletter diária, você também recebe, semanalmente, uma análise sobre investimentos, com dicas sobre como aplicar melhor e com segurança seu dinheiro. Para assinar a newsletter gratuita de investimentos do UOL, é só clicar aqui.

Tem dúvidas sobre ações, fundos e outros investimentos da Bolsa? Envia sua pergunta para duvidasparceiro@uol.com.br.

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.