PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Trégua entre poderes e mais 4 temas que podem afetar o mercado hoje

Conteúdo exclusivo para assinantes

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/09/2021 04h00

Acompanhe no Café com Mercado, do UOL, cinco assuntos que podem movimentar a Bolsa nesta sexta-feira (10) e uma ação para ficar de olho.

1) Clima de paz - No final do dia de quinta-feira (9), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) escreveu uma carta para acalmar os ânimos com o Supremo Tribunal Federal (STF).

Na carta, o presidente declarou respeito às instituições brasileiras e disse que "suas palavras decorrem do calor do momento".

A carta foi escrita após encontro com o ex-presidente Michel Temer e causou forte alvoroço na Bolsa. O índice Ibovespa, principal índice brasileiro, virou de baixa de 0,60% para alta de 2,60% logo após a notícia.

Como o fato aconteceu no final do pregão, o mercado ainda pode continuar refletindo o assunto nesta sexta-feira (10).

2) Caminhoneiros - Desde as manifestações de 7 de setembro, alguns caminhoneiros fecharam rodovias em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Mesmo após o pedido de Bolsonaro de que a paralisação acabe, os representantes do movimento informaram que as rodovias serão liberadas apenas após o avanço da pauta anti-STF (Supremo Tribunal Federal).

No estado de São Paulo, o governador João Doria (PSDB-SP) ordenou que a Polícia Militar Rodoviária não permita que as rodovias estaduais sejam fechadas.

Na última vez que a classe entrou em greve, o país sofreu com desabastecimentos nos postos de combustíveis e supermercados. Por isso, o assunto pode movimentar o mercado nesta sexta-feira (10).

3) Comércio - O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) publica nesta sexta-feira (10) as vendas do comércio no país durante o mês de julho. O dado mostra o aquecimento do setor e pode movimentar as ações das companhias desse segmento.

4) Inflação ao produtor nos EUA - O mercado também deve responder à divulgação da Inflação ao Produtor (IPP) dos EUA. O índice mede a variação nos preços para os produtores, que costuma ser repassada ao consumidor e tem impacto na inflação.

A inflação no país vem preocupando os investidores, pois tem crescido acima do esperado e pode fazer os EUA elevarem a taxa de juros —o que reduz o ritmo de incentivos econômicos no país.

5) Covid-19 na zona do euro - Com o aumento da preocupação de que a variante delta da covid-19 atrapalhe a retomada das economias, a publicação do número de mortes semanais na zona do euro pode movimentar o mercado nesta sexta (10).

O dado permite que os investidores acompanhem a efetividade das campanhas de vacinação e criem perspectivas para a reabertura e recuperação total da economia.

Fique de Olho

E no Fique de Olho de hoje, o analista Lucas Claro, do BTG Pactual Digital, traz as ações da Suzano (SUZB3), grande produtora de papel e celulose.

Para o analista, a companhia tem poucas chances de ser afetada por eventual racionamento de energia e nem pela atual reforma tributária, fatores que atualmente preocupam os investidores.

Além disso, o analista espera um aumento da procura por celulose no quarto trimestre, o que também deve beneficiar a empresa.

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Economia+ e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE