PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Se o BC ficar subindo juros, a inflação vai mesmo diminuir?

Conteúdo exclusivo para assinantes

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/11/2021 04h00

A taxa Selic já subiu seis vezes este ano, no período de março até a última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) em outubro. Hoje, a Selic está em 7,75% ao ano, e o Banco Central (BC) sinaliza que vem mais aumento por aí. Mas, se o BC ficar subindo os juros, a inflação vai mesmo diminuir?

No Papo com Especialista, programa semanal e ao vivo do UOL, o economista César Esperandio diz que o mercado financeiro está mais "descrente" em relação ao cumprimento da meta da inflação estipulada pelo Banco Central para 2021: 3,75%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou mais menos. Hoje, a inflação acumulada nos últimos 12 meses está em 10,67%.

Leia a explicação dele e assista abaixo ao trecho do programa do dia 11 de novembro. O Papo com Especialista é um tira-dúvidas sobre investimentos exclusivo para assinantes e é transmitido quinzenalmente, às quintas-feiras, das 15h às 16h.

Projeções estão no Boletim Focus

Para analisar a expectativa do mercado quanto à inflação, Esperandio diz que é preciso consultar o Boletim Focus, do Banco Central, que traz semanalmente as projeções da economia para os próximos anos.

"O relatório, que sai toda segunda-feira, mostra as projeções mais atualizadas dos principais economistas do país e até de instituições financeiras gringas", disse ele, que também é do canal Econoweek.

No programa do dia 11 de novembro, o economista mostrou no Boletim Focus a projeção do IPCA, índice que mede a inflação oficial do país, para o final do ano: 9,33%. O relatório mais recente (de 12/11) já mostrava uma projeção da inflação um pouco maior: 9,77%.

Desancoragem das expectativas

"Há um tempo, a projeção do mercado financeiro para a inflação estava em 3,25% [na meta do BC para 2023]. Mas, de uns tempos para cá, essa projeção vem aumentando. É o que chamamos de 'desancoragem' das expectativas. É o mercado financeiro, explicitamente, começando a desconfiar da capacidade do Banco Central de conduzir a inflação para o alvo da meta", explicou o economista.

Veja o histórico das metas para a inflação.

Para Esperandio, essa desancoragem não significa que a inflação esteja fora do controle. "Mas temos que ficar de olho nisso e proteger nossos investimentos da inflação", declarou.

Papo com Especialista é quinzenal

O programa Papo com Especialista é transmitido às quintas-feiras, quinzenalmente, das 15h às 16h, na página inicial do UOL, no UOL Economia e no UOL Investimentos, e é exclusivo para assinantes. Reveja programas anteriores aqui.

Você pode enviar perguntas ao Papo pelo e-mail uoleconomiafinancas@uol.com.br —elas podem ser respondidas no programa.

Quer investir melhor? Receba dicas em seu email

Você quer aprender a ganhar dinheiro com segurança em investimentos no curto, médio e longo prazo, mesmo que nunca tenha investido?

A página de investimentos do UOL tem uma newsletter gratuita que o ajuda nesse objetivo. Ao assinar, você recebe todos os dias, antes da abertura da Bolsa, uma análise do mercado feita pelo analista Felipe Bevilacqua, da casa Levante Ideias de Investimentos. Com essa newsletter, você vai aprender a investir e entender o que está acontecendo com o mercado.

Além da newsletter diária, você também recebe, semanalmente, uma análise sobre investimentos, com dicas sobre como aplicar melhor e com segurança seu dinheiro. Para assinar a newsletter gratuita de investimentos do UOL, é só clicar aqui.

Tem dúvidas sobre ações, fundos e outros investimentos da Bolsa? Envia sua pergunta para duvidasparceiro@uol.com.br.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE