IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Com ações caindo, devo continuar na Bolsa ou é melhor vender tudo?

Ficou desesperado vendo suas ações perdendo valor? Veja se é hora de sair ou continuar na Bolsa - Shapecharge/Getty Images
Ficou desesperado vendo suas ações perdendo valor? Veja se é hora de sair ou continuar na Bolsa Imagem: Shapecharge/Getty Images

Colaboração para o UOL, de São Paulo

13/05/2022 04h00

Muitos investidores se desesperam ao ver as suas ações despencando na Bolsa — algo que vem ocorrendo com maior frequência desde 5 de maio. Portanto, é hora de vender os papéis ou continuar firme e forte na B3? No Papo com Especialista, programa ao vivo do UOL, o economista César Esperandio responda a essa pergunta.

Leia a explicação dele logo abaixo e assista abaixo ao trecho do programa. O Papo com Especialista é um tira-dúvidas sobre investimentos exclusivo para assinantes e é transmitido quinzenalmente, às quintas-feiras, das 15h às 16h.

Análise da saúde da empresa

O economista diz que, se você escolheu seus ativos na Bolsa de maneira consciente, dentro de uma estratégia de médio e longo prazo, deve checar, em momentos de queda nas ações, se as empresas continuam bem-sucedidas.

"Se o modelo de negócio da empresa não se alterou, e ela continua promissora, essa queda pode ser algo conjuntural. Eventualmente, em vez de sacar agora, pode ser o momento de você investir mais ainda nela", afirma ele, que também é do canal Econoweek.

Segundo Esperandio, nessa hora alguns se valem da reserva de oportunidade, um dinheiro à espera de encontrar boas chances para investir.

O economista declara, no entanto, que tudo depende de uma avaliação.

"Se você avaliar que a empresa deixou de ser promissora, com tendência de caminhar cada vez para uma deterioração, eventualmente pode ser o momento de você assumir esse prejuízo, sendo inteiro ou parte de sua carteira, para evitar prejuízos maiores", diz.

Mais riscos do que você aguenta

Para o investidor que está dando os primeiros passos na renda variável e se assustou com a queda no preço de suas ações, Esperandio diz que vale avaliar se a estratégia de investimentos está alinhada ao perfil de investidor.

"Você pode estar assumindo mais riscos do que deveria no seu atual momento e pode ter pesado a mão na escolha dos seus ativos. Você deveria se informar mais sobre as empresas nas quais investe e talvez até rever a composição de sua carteira", declara.

Ele afirma ainda que os investimentos servem tanto como um colchão de segurança financeira, como também de tranquilidade, ao saber que é possível contar com aquela verba.

O economista diz que quem investe deve lembrar também que o perfil de investidor pode ir se alterando ao longo da vida.

"No geral, a tendência natural é começar com investimentos mais conservadores e, conforme for ganhando mais experiência, pode ir migrando para um perfil um pouquinho mais moderado e depois mais arrojado. Mas isso não é regra. Muitos preferem se manter mais conservadores o resto da vida. Mas é preciso fazer isso de maneira consciente", afirma.

Papo com Especialista é quinzenal

O programa Papo com Especialista é transmitido às quintas-feiras, quinzenalmente, das 15h às 16h, na página inicial do UOL, no UOL Economia e no UOL Investimentos, e é exclusivo para assinantes. Reveja programas anteriores aqui.

Você pode enviar perguntas ao Papo pelo e-mail uoleconomiafinancas@uol.com.br —elas podem ser respondidas no programa.

Quer investir melhor? Receba dicas em seu email

Você quer aprender a ganhar dinheiro com segurança em investimentos no curto, médio e longo prazo, mesmo que nunca tenha investido?

A página de investimentos do UOL tem uma newsletter gratuita que o ajuda nesse objetivo. Ao assinar, você recebe todos os dias, antes da abertura da Bolsa, uma análise do mercado feita pelo analista Rafael Bevilacqua, da casa Levante Ideias de Investimentos. Com essa newsletter, você vai aprender a investir e entender o que está acontecendo com o mercado.

Além da newsletter diária, você também recebe, semanalmente, uma análise sobre investimentos, com dicas sobre como aplicar melhor e com segurança seu dinheiro. Para assinar a newsletter gratuita de investimentos do UOL, é só clicar aqui.

Tem dúvidas sobre ações, fundos e outros investimentos da Bolsa? Envia sua pergunta para duvidasparceiro@uol.com.br.

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.