Bolsas

Câmbio

Bolsa sobe no dia, mas cai 10,9% em maio, pior resultado mensal desde 2014

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quarta-feira (30) em alta de 0,9%, a 76.753,62 pontos. Foi o segundo avanço seguido da Bolsa, que subiu 0,95% na véspera. Apesar da alta no dia, o índice termina maio com desvalorização acumulada de 10,87%, o pior resultado desde setembro de 2014 (-11,7%).

Entre os destaques do dia, as ações do Banco do Brasil (+6,52%), da mineradora Vale (+0,94%) e do Itaú Unibanco (+0,19%) registraram altas, enquanto a Petrobras (-1,66%) e o Bradesco (-0,61%) tiveram queda. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Nesta quinta-feira (31), os mercados estarão fechados no Brasil por causa do feriado de Corpus Christi.

Leia também:

Dólar sobe 6,66% no mês

O dólar comercial fechou praticamente estável, com leve baixa de 0,07%, cotado a R$ 3,737 na venda, após três altas seguidas. Na véspera, a moeda norte-americana subiu 0,28%. Com isso, o dólar termina maio com valorização acumulada de 6,66%, na quarta alta mensal consecutiva.

Investidores estavam preocupados com os impactos da greve dos caminhoneiros e das concessões do governo nas contas públicas.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos