Bolsas

Câmbio

Petrobras cai 14,86% após saída de Parente; Bolsa tem 3ª semana negativa

Do UOL, em São Paulo

As ações da Petrobras despencaram nesta sexta-feira (1º), após o pedido de demissão de seu presidente, Pedro Parente. Os papéis preferenciais da companhia (PETR4), com prioridade na distribuição de dividendos, caíram 14,86%, a R$ 16,16, enquanto as ações ordinárias (PETR3), com direito a voto em assembleia, perderam 14,92%, a R$ 18,88.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 0,63%, a 77.239,76 pontos. Apesar do ganho no dia, esta é a 3ª semana seguida em que a Bolsa fecha negativa no acumulado do período. Nesta semana, agitada pelos caminhoneiros, a perda acumulada foi de 2,10%.

Leia também:

Dólar sobe 2,68% na semana, a R$ 3,767

dólar comercial terminou a semana com uma alta acumulada de 2,68%, vendido a R$ 3,767. A semana foi marcada pela continuidade da greve dos caminhoneiros, que paralisou o país. Só nesta sexta-feira (1º), o dólar subiu 0,8%.

(Com Reuters)

UOL Cursos Online

Todos os cursos