PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Fundos imobiliários, ações e títulos: 8 investimentos para perfis arrojados

Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

24/03/2021 16h07

Com a taxa básica de juros, a Selic, ainda em um patamar baixo, a 2,75% ao ano, muitos investidores viram na Bolsa de Valores a única possibilidade de aumentar os ganhos nos investimentos. Não à toa, a B3 registrou 2 milhões de novos investidores entre 2019 e 2020.

De olho em quem aceita um risco maior para conseguir elevar os ganhos, o economista Felipe Bevilacqua, analista e sócio-fundador da casa de análises Levante Ideias de Investimento, criou uma carteira de investimentos com um nível mais elevado de risco.

O foco da recomendação é superar a rentabilidade de índices de referência, como Ibovespa e Ifix (Índice de Fundos Imobiliários), no médio e longo prazos. Diferentemente da carteira para investidores com perfil mais moderado, as novas recomendações de ações e fundos imobiliários têm foco no potencial de valorização.

Se você não aceita risco algum, o analista já fez uma carteira de baixo risco. Você pode pegar aqui.

Quem tem perfil mais conservador, mas aceita que 10% da carteira esteja em investimentos de renda variável, pode acessar essa carteira aqui.

Para os perfis mais moderados, as recomendações estão aqui.

Confira abaixo as recomendações do analista para os leitores de UOL Economia+ que tem perfil mais arrojado.