PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Como a China afeta as ações da Vale? Analista explica

Conteúdo exclusivo para assinantes

Do UOL, em São Paulo

21/04/2021 04h00

Na última semana, a China apresentou o resultado do PIB (Produto Interno Bruto) do país referente ao primeiro trimestre de 2021. Sem contrariar as expectativas, o crescimento foi de 18,3%. O país, ainda, foi o único que cresceu em 2020 —primeiro ano da pandemia do novo coronavírus.

"O governo chinês investiu forte em infraestrutura para conter os impactos causados pela pandemia do coronavírus", explica o analista Felipe Bevilacqua, economista da casa de análises Levante Ideias de Investimento. O crescimento chinês tem beneficiado empresas na Bolsa brasileira, principalmente a Vale (VALE3).

Confira abaixo o que a China tem a ver com a mineradora brasileira, segundo o analista, se ainda compensa investir na Vale e conheça outra tendência global que tem afetado um fundo imobiliário bem conhecido entre os investidores.

O impulso da China nas ações da Vale

Para se recuperar da crise provocada pela pandemia, a China se voltou para dentro e reforçou os investimentos em infraestrutura do País.

"Aproximadamente 95% do minério de ferro produzido em todo mundo é destinado à produção do aço, um metal amplamente utilizado quando o assunto é infraestrutura", explica Bevilacqua. É aí que entra a Vale.

A medida tomada pelo governo chinês tem beneficiado as mineradoras por todo o globo, e a Vale, que tem o menor custo de produção do mundo, não ficou de fora dessa. A alta demanda pelo insumo fez com que o preço do minério de ferro saísse da casa dos US$ 90 e saltasse para a casa dos US$ 160 a tonelada, em menos de doze meses, refletindo positivamente nos resultados da mineradora.
Felipe Bevilacqua

A Vale divulgou, na última segunda-feira (19), o relatório de produção e vendas referente ao primeiro trimestre de 2021. A produção dos finos de minério de ferro teve alta de 14,2%, comparada ao mesmo período de 2020, atingindo 68 milhões de toneladas. "O resultado foi bom, porém já era esperado pelo mercado, sem grandes novidades", afirma o analista.

O desempenho das ações da empresa na abertura após a divulgação do resultado foi levemente negativo, com ligeira queda de 0,12%.

Porém vejo um grande potencial na mineradora, que está munida com dinheiro em caixa, além do preço das ações estarem extremamente descontados, principalmente quando comparados ao de seus pares.
Felipe Bevilcaqua

Por isso, o analista mantém a recomendação da empresa nas carteiras feitas para os leitores de UOL Economia+.

Para quem ainda não pegou as recomendações, elas estão aqui:

Os impactos do home office

Além do impacto da China nas ações da Vale, há outra tendência global que tem afetado investimentos aqui no Brasil. O fundo imobiliário Tellus Properties (TEPP11) tem sentido com o avanço do home office.

Com o aumento no número dos casos de covid-19 na cidade de São Paulo no mês de março e com as medidas restritivas adotadas pelo estado, criou-se um cenário muito desafiador para o segmento de escritórios. No entanto, ativos bem localizados, como os do fundo, podem se dar bem.
Felipe Bevilacqua

O fundo divulgou, no último dia 13, o relatório mensal de gestão referente a março deste ano. "Esses relatórios nos mantêm atualizados sobre as principais informações do fundo e sua estratégia de gestão", explica o analista.

Um dos indicadores que ajudam a entender a saúde de um fundo imobiliário é a taxa de vacância física —que mede o espaço não locado de um imóvel. "Digamos que você possua um prédio destinado à locação onde existam 10 salas, porém apenas 8 estão alugadas. O seu prédio está com uma taxa de vacância de 20%", explica Bevilacqua.

A taxa de vacância física do TEPP11, no mês de março, foi de 20%, pressionada principalmente pelas medidas restritivas adotadas pelo estado de São Paulo para conter o avanço do coronavírus.

Entretanto, a gestão está em busca de novos inquilinos, focada em reduzir a taxa de vacância. Uma das vantagens de se investir nas cotas de um fundo em comparação com a aquisição direta de um imóvel é justamente a expertise do gestor. O gestor é um profissional que conhece o mercado onde os ativos estão inseridos e, geralmente, possui uma gama de possíveis inquilinos para ocupar os espaços, o que seria mais difícil para locadores, assim como eu e você.
Felipe Bevilacqua

O fundo concluiu a aquisição de 23,8% de duas lajes do Condomínio São Luiz e ambas estão devidamente locadas. Com isso, o fundo fechou o mês com um retorno acumulado negativo de 2,38%, enquanto o Ifix, índice da Bolsa que mede o retorno dos principais fundos imobiliários, fechou o mês de março com queda de 1,4%.

A distribuição de dividendos do fundo foi de R$ 0,45 por cota.

Apesar do desempenho negativo do TEPP11 no mês de março, acredito que, com a normalização das atividades pós-vacinação, o fundo terá redução na taxa de vacância e possibilidade de incremento no valor dos aluguéis. Além disso, o fundo possui dinheiro em caixa e está avaliando alternativas de investimentos para trazer valor ao cotista.
Felipe Bevilacqua

Tanto a Vale como o TEPP11 estão nas carteiras Arrojada e Arrojada Plus criadas pelo economista. Para conferir a análise completa feita pelo analista e conferir quais são os ativos presentes nas carteiras mencionadas, clique aqui para baixar o relatório completo.

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo analista Felipe Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.