IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Podcast

Mídia e Marketing

Entrevistas com grandes nomes do marketing, propaganda e criatividade no país


Mídia e Marketing #162: Dilma Campos, CEO da Nossa Praia

Mais Mídia e Marketing
1 | 25

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em Piracicaba (SP)

15/05/2023 14h44

Sua empresa realmente está atuando seguindo a cartilha do ESG? Há uma maneira de medir isso? Marcas que forem mais transparentes vão ganhar espaço com o consumidor?

O programa Mídia e Marketing desta semana conversa com Dilma Campos, CEO da Nossa Praia e head de ESG da B&Partners - veja, acima, a íntegra da entrevista.

No papo, Dilma fala sobre como o planejamento estratégico das marcas precisa estar alinhado aos critérios de ESG (do inglês Ambiental, Social e Governança) para gerar resultados financeiros. Ela também comenta sobre como é importante ter equipes diversas para ter mais criatividade nas companhias.

"A atuação em ESG tem que estar alinhada com os negócios da empresa para gerar resultados financeiros. Tem que estar condizente com o planejamento estratégico da marca - e isso não acontece do dia para a noite. Quem não for ESG no futuro, não vai gerar inovação, não vai ter criatividade. E é exatamente isso que tem gerado valor para as empresas", afirma (a partir de 5:14).

Dilma ainda reforça que, nos tempos de hoje, as marcas precisam refletir bem antes de realizar suas ações de marketing.

"O erro, hoje, custa caro. Quando uma marca erra, não há o risco de ferir a reputação, como antigamente. Hoje, quando você erra, pode perder toda sua reputação. Por isso, é importante ter uma empresa avaliando com você, até para sustentar um possível posicionamento", diz (a partir de 7:55).

Dilma será uma das juradas da categoria Outdoor no Cannes Lions deste ano, o maior festival de criatividade do mundo. O evento acontece no mês que vem, no sul da França. "Para sermos criativos, precisamos ser diversos. Isso já é um entendimento. Temos um movimento da publicidade que já entende. É um movimento real", declara (a partir de 23:52).

Mas como trabalhar de forma diversa num país como o Brasil? "Vivemos em um país racista, apesar das pessoas não gostarem de admitir. O racismo estrutural está aí - e é difícil navegar nisso. Admitir isso é o primeiro passo para mudar", diz (a partir de 25:30).

"Há uns 10 anos, eu dizia que as pessoas seriam obrigadas a fazer diversidade e inclusão. Me perguntaram uns 5 anos atrás sobre qual seria o próximo passo. Disse que como as empresas não estão trabalhando a cultura da diversidade, as próprias pessoas pretas criarão suas empresas. É isso que vem acontecendo" (a partir de 38:07).

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Mídia e Marketing, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts e no YouTube.